Menu

06 agosto 2014

BC ... papeando com azamiga ! Amamentação

Oi gente, tudo bem ??
Olha só que legal, a partir de hoje, estarei participando com " azamiga " de uma blogagem coletiva. 

Blogagem  Coletiva ?  O que é ?  Do que vive ? Veja a seguir :

Toda semana, uma das meninas irá sugerir um tema, e todas que participam escreverão sobre o tema escolhido. O bom é que poderemos ler várias opiniões sobre um mesmo assunto, nos dando uma maior perspectiva do tema. E eu amo isso, compartilhar informações e aprender nunca é demais.
E o tema dessa semana, que foi sugerido pela Cynthia do blog : Futura mãe de dois    é :  

Amamentação
Na essência da palavra, amamentar significa criar ao peito, dar de mamar, nutrir.
Na essência do que já vi, já vivi, e do que levo comigo, amamentar não é apenas nutrir, mais é  um laço de amor.
Trabalhei por mais de dois anos em maternidade. Cuidava de mãe e bebê. Do momento em que elas chegavam com aqueles barrigões enormes, até o dia em que saiam com seus bebês nos braços. Poderia dar aqui uma infinidade de termos científicos, técnicas que aprendi nos cursos de amamentação que fiz  e da importância do aleitamento exclusivo nos  seis primeiros meses de vida do bebê.  Mas quero compartilhar aqui algumas das experiências que vivi, e que fizeram eu ver o aleitamento mais do que uma forma de alimentar. Quero falar aqui da importância de nos prepararmos pra esse momento.

Existiam mães, que chegavam em seus quartos, e já iam decorando com balões, colocavam as lembrancinhas nas prateleiras, enchiam o frigobar de frutas, espalhavam seus itens de maquiagem no banheiro, e aguardavam ansiosas pela hora da cirurgia marcada. Davam a mim a roupinha vinda do exterior pra primeira troca do bebê. Uma roupa mais linda do que a outra.

Em meus primeiros dias de maternidade, ficava encantada com a maneira que elas se preparavam para aquele momento.  Mais a triste realidade que fui observando, era que o exterior estava muito bem preparado.... o interior...não. Se preparar para receber o bebê não é apenas cuidar dos detalhes, isso tudo faz parte sim, e é gostoso preparar as coisinhas dele, mais se preparar pra chegada do bebê vai muito além do que imaginamos.

Muitas dessas mães, durante os nove meses de gestação, não liam praticamente nada a respeito da amamentação. Algumas chegavam até a me perguntar, o que era aquele liquido aguado que saia do mamilo.
Já cuidei de uma , que deixou bem claro em sua ficha de internação, de que não queria amamentar seu bebê, pois havia passado recentemente por uma cirurgia de mamoplastia, e não queria ver seu peito recém criado perder sua forma arredondada.

Já tive que levar o bebê chorando até o berçário, porque a mãe não podia dar atenção a ele naquele momento, pois o quarto estava cheio de visitas.
Fui notando, que nesses tempos onde tudo se resolve no vapt vupt, que amamentar para muitas não é prioridade. Existem complementos...de todas as formas, de todas as cores , pra cada fase de vida do bebê, pra que alimenta-lo ?

Isso doía meu coração, porque eu queria fazer a diferença, eu sabia o quanto amamentar era fundamental..
Por outro lado, já vi mãe chorar ao ver seus seios sendo enfaixados  para parar a produção de leite, porque ela era soro positiva, e não podia amamentar.
Já vi mãe chorar, porque seu filho estava na incubadora, prematuro, e ela não podia coloca-lo ao peito. Já vi guerreiras estimulando a produção de leite artificialmente, para que o bebê recebesse seu leite em todas as mamadas do hospital.

A minha pergunta é : Você tem se preparado ?

Porque digo que é um laço de amor ? A ciência explica.

O responsável pela produção de leite, é um hormônio chamado Ocitocina, também conhecido como o hormônio do amor, ou hormônio do aconchego.
Quando existe a troca de olhares no momento da amamentação,o contato pele a pele,  o sentimento de amor,..de ternura,estimula não só a intimidade, a proximidade entre mãe e bebê , esse contato estimula uma região do cérebro ( hipotálamo) a produzir a ocitocina, que é responsável pela descida do leite. Então, simplificando, quanto mais a mãe criar vínculo com seu bebê durante a amamentação, mais leite será estimulado. Ao olhar seu bebê, o sentimento de amor se torna avassalador, te faz notar o seu verdadeiro papel de mãe, que é nutrir e proteger aquela pessoinha que você gerou. Isso é motivo mais do que suficiente para que seu bebê seja amamentado pelo maior tempo que você conseguir.

Minha dica pra azamigas que estão gestando, e pra aquelas que , como eu, sonham com o momento do positivo é que, estudem, se informem, busquem conhecer como o nosso corpo se prepara para isso.
Sensibilidade nos seios é mais que um sintoma Durante a gestação.. seu corpo se prepara pro bebê que vai chegar. Seu mamilo passa a escurecer, para que seu bebê consiga visualizar com mais clareza onde ele deve abocanhar. Muitas vezes vemos nas ultrassonografias o bebê chupando o dedo, isso nada mais é do que seu bebê fortalecendo os músculos e os reflexos de sucção.
Esqueça aquele papo de que " Ah, meu bebê esta chupetando..." Seu bebê não esta chupetando! Ele simplesmente esta buscando acalanto. Esta buscando estabelecer, inconscientemente, o vínculo do amor.
Esqueça o " amamente seu bebê de três em três horas " . Amamente-o sempre que ele quiser, aonde você estiver. Em dias você notará que ele mesmo fará seu horário.
Pretendo amamentar sim, pelo tempo que meu bebê quiser, aonde ele quiser , sem reservas, sem vergonha do onde. E pra isso tenho me preparado.

Amamentar amigas é cansativo, é doloroso , exige sacrifícios, mais ao meu ver, é a arma mais poderosa de amor que existe. Ali, você estará se descobrindo como mãe, enquanto você amamenta, seu bebê ira notando como você é importante. Enquanto você amamenta, você protege seu bebê, o vacinando com seu leite e o fazendo crescer com saúde.

Enquanto você amamenta, o amor cresce. E é maravilhoso amar. Então meninas, se preparem , porque sei que temos, muito, mais muito amor pra dar.




18 comentários:

  1. Oi Evelyn te acompanho desde o seu outro blog! Alias vc foi uma das minhas inspirações para fazer o meu blog, me lembro do período off q vc ficou, mas agora q voltou estou te seguindo e será um prazer fazer parte da mesma BC q vc !!!
    Amei o post, refleti um lado que ainda não havia pensando, realmente a BC nós leva a ampliar os horizontes!!! Bjs

    http://futuramommy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabi, seja bem vinda !!!!! Obrigada pelo carinho. Agora to de volta, hehehehe.
      Beijos <3

      Excluir
  2. Oi Evelyn, tive que conter o choro aqui, pq to no trabalho, seu post ficou incrível.
    Já estou me preparando para amamentar e quero fazer isso pelo tempo que for necessário.
    Seja bem vinda a nossa BC.

    Bjs Querida!

    http://deliriosdeumamaedeprimeiraviagem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kell, obrigada. Vai ser uma delicia compartilhar experiências com vocês !!!

      Beijos

      Excluir
  3. Nossa Evelyn que post maravilhoso, enriquecedor...a informação é tudo, tenho buscado me informar, ler, pois é o que mais desejo, é esse elo, onde quer que esteja.
    Obrigada pelas dicas...
    Bjsss
    http://agoraeuquerosermae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, esse elo deve ser tão intenso, que me emociono só de pensar.
      Você poder olhar nos olhos do bebezinho, e ver ele crescendo através de você é simplesmente surreal
      Bjos

      Excluir
  4. Arrasou Evelyn!
    Muito enriquecedor o post!
    Realmente amamentar vai além de alimentar!

    Seja bem vinda a nossa BC!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rê, estou feliz por poder fazer parte

      =)

      Excluir
  5. Uau!
    Que baita post como se diz aqui no sul!
    Também tive que conter as lágrimas, principalmente ao ler sobre as mamães que querem mas não podem amamentar por um motivo ou por outro! Triste realidade!
    e infelizmente existem muitas mães com esse pensamento contraditório, com toda a certeza é preciso muito preparo!
    Adorei mesmo! Parabéns pelas palavras!

    Beijos

    querosermami.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi fernanda, obrigada. Realmente era difícil ver a vontade que algumas tinhas e que, por um motivo ou outro, não podiam.
    Doia ver o descaso de outras, mais tinhamos que respeitar...
    Se informar e querer é fundamental.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oieeee menina que post mais lindo é esse?!!!
    ADOREI!!!!! E te digo uma coisa, se o amor pelo meu filho vai fazer com que eu produza leite, ele vai mamar pelo tempo que ele quiser!!!!!!
    Bjusss
    http://seraquevousermae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mima, realmente, quanto mais amor, mais leitinho =)
      beijos

      Excluir
  8. Amei o post!!!! Estou na minha segunda gravidez e suas palavras cairam como uma luva!!! Amamentar é um ato de amor e dedicação!!! Coma minha primeira filha ficava tão boba em vê-la sugando meu seio que fiquei até de torcicolo!!! Rsrsrs Também me emocionei com o relato sobre as mães que querem mas que por algum motivo não podem amamentar....deve ser muito duro....Obrigada pelos conselhos! Tudo muito enriquecedor!!! Beijo no coração e fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Cris. eu imagino como deve ser gratificante poder amamentar... Se Deus quiser com o segundinho(a) não será diferente!!!!
      Fica com Deus ;)

      Excluir
  9. Oiiii, realmente amamentar é um laço de amor e importantíssimo. Muito importante os relatos que li em seu post. É essencial se informar, é importante se cuidar.

    http://antesdopositivo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir